Receba dicas grátis!

Motocross: 7 dicas para começar a praticar

motocross

Motocross é um dos esportes mais praticados atualmente. No entanto, é necessário preparar-se para praticá-lo, treinar e contar com alguém para acompanhar os primeiros passos. Outra coisa importante é saber escolher o veículo certo e deixá-lo conforme exige o esporte.

Se você deseja praticar Motocross, confira algumas dicas que vão te ajudar!

1. Escolha uma boa moto para praticar motocross

Para praticar motocross é preciso escolher as motos certas. Você terá que enfrentar muitos desafios, como saltar obstáculos e subir rampas — logo, será preciso um veículo com boa suspensão.

Em questão de preços, existem algumas motos que podem ser usadas, como a Honda CRF230 e a Honda CRF150. É bom atentar-se bem para as categorias, pois muitas empresas fabricam modelos específicos para a prática de motocross. Se você dispõe de muito dinheiro, pode investir nas motos importadas.

Um bom mecânico poderá fazer os ajustes necessários para que a moto suporte e supere os obstáculos.  Para começar, pode optar por uma 125 cc de 2 tempos sem problema algum.

2. Regule a suspensão corretamente

Um bom profissional poderá te ajudar a fazer esta regulagem. O ajuste desuspensão varia de acordo com o peso do piloto e seu nível de pilotagem.

A regulagem ideal prioriza a compressão mais dura. Assim, à medida que o nível do piloto aumenta, a tendência vai ser zerar qualquer tipo de pista.  Em relação ao retorno, não deve ser lento demais, nem rápido demais — é necessário procurar o meio termo.

3. Para começar, invista somente no guidão

Muitos iniciantes de motocross investem em uma série de equipamentos para deixar a moto na medida. Porém, isso é desnecessário e pode atrapalhar seu desempenho. Lembre-se de que você está apenas começando.

Não precisa comprar ponteira, cano e outras coisas. Um bom guidão será suficiente para realizar as manobras e manter o controle sobre o veículo. Com o passar do tempo, naturalmente você perceberá quais as necessidades da moto e poderá fazer os acréscimos necessários.

4. Na pista, confira se está tudo em ordem

Desde o início, procure ser prevenido e atencioso com sua moto. Confira a água do radiador, os raios, se há folgas nos rolamentos e, assim por diante.

Só entre na trilha ou na pista depois que tiver certeza que tudo está no lugar certo, ajustado e pronto para o desafio.

5. Pratique exercícios e tenha uma dieta saudável

Motocross é um esporte que exige muito do praticante. Imagine se você vai para a pista mal alimentado, sem estar preparado fisicamente? Dificilmente vai obter sucesso, não é?

Você deve dormir bem, evitar o consumo de bebidas alcoólicas um dia antes da corrida e treinar a resistência e musculatura de seu corpo.

6. Destrave os braços e trave as pernas

Boa parte dos pilotos de motocross reclama que fica com os braços travados na moto. No entanto, deixar os braços pendurados, exigindo força demais deles, também é um engano que em nada contribui para o desenvolvimento do piloto.

Motocross requer muito mais das pernas que dos braços. As pernas devem ficar grudadas na moto, como se fossem parte dela, mas os braços devem ficar livres, sem exercer muita força sobre o guidão. Caso você alivie as mãos nos momentos de saltos, não sofrerá com problemas de travamento.

7. Treine e faça um curso de pilotagem

Se você deseja passar no vestibular ou em um concurso, precisa estudar, não é?

Da mesma forma, se deseja ser um bom piloto de motocross, terá que treinar. Uma boa dica é fazer um curso de pilotagem e aprender conceitos e detalhes importantes, como centro de gravidade, necessidade da distribuição correta do peso sobre o veículo, uso correto dos freios e outras coisas.

Já segue essas dicas para se desenvolver melhor no motocross? Que outra dica você daria para um iniciante no esporte? Deixe o seu comentário!

Adicionar comentário