Dicas
Quais os cuidados que devo ter ao comprar uma moto usada?
7 de fevereiro de 2018
0

comprar uma moto usada

Nem sempre é possível comprar um veículo novinho, saído de fábrica. Nesses casos, vale a pena considerar a possibilidade de comprar uma moto seminova ou mesmo usada.

Engana-se quem acha que fazer uma compra dessas é fazer sempre um mau negócio. É possível fazer uma bela aquisição, desde que se tomem certos cuidados.

Veja abaixo que cuidados você deve tomar ao comprar uma moto usada!

Tenha cuidado com o vendedor e a documentação da moto

Os primeiros cuidados quando você for comprar uma moto usada é em relação ao vendedor e aos documentos da moto. Não faça negócios com qualquer um, dê preferência aos conhecidos e amigos ou certifique-se de que está fazendo negócio com uma pessoa direita.

Através do número do Renavam, o comprador pode obter informações sobre o vendedor, além de dados sobre o próprio veículo, como financiamentos, multas e outras coisas. Pode-se fazer essa pesquisa gratuitamente na internet (site do DETRAN).

Verifique a parte mecânica e a parte elétrica

Como piloto, você deve conhecer o básico sobre mecânica de motos. Por exemplo, é possível saber se o motor está bom dando a partida com ele totalmente frio e verificando a temperatura, colocando a mão sobre o escape ou o próprio motor.

Se ele estiver bom, naturalmente ele vai pegar logo, sem nenhum ruído metálico — esses ruídos representam folga em certos componentes, como virabrequim, pistões, válvulas.

Fumaça saindo do cano de escape pode ser considerada normal, especialmente se o dia estiver frio (resultado da condensação do ar). Contudo, se depois de o motor já estar aquecido, a fumaça continuar saindo com a aceleração (e ser for azulada) é sinal de óleo queimado que, por sua vez, é um sintoma de um motor já bastante cansado.

comprar uma moto usada

Em relação ao painel e à parte elétrica, os modelos mais básicos de motos oferecem um conjunto de luzes que representam coisas simples, como pisca-alerta ligado, farol alto e assim por diante. Modelos mais sofisticados apresentam luzem que alertam sobre problemas com injeção eletrônica ou pressão do óleo.

Quando se gira a chave da moto na ignição, é comum que as luzes de alerta se acendam, mostrando que as lâmpadas funcionam, apagando em seguida. Caso essas luzes não acendam ou permaneçam acesas, há algum problema.

Verifique o óleo

Outro cuidado que deve ser tomado ao comprar uma moto usada é verificar o óleo. Na maior parte dos modelos, a vareta do nível de óleo é fácil de ser acessada. O óleo deve se apresentar no nível correto, mas a tonalidade e a consistência dele são os elementos que descrevem as condições do motor.

Óleo muito claro significa que foi recém trocado. Já o óleo escuro significa óleo usado (mas hoje já existem aditivos que atuam com rapidez e deixam uma tonalidade mais escura em motores mais gastos).

Certos pilotos mais negligentes costumam somente completar o óleo, sem trocá-lo. Assim, o óleo fica muito grosso, perdendo as qualidades lubrificantes. Para verificar esse ponto, teste a consistência do produto, pingando uma gota entre os dedos. Caso pareça graxa, suje muito os dedos e tenha cheiro de gasolina, é óleo velho ou inadequado para o motor.

Observe se há sinais de desmontagem quando comprar uma moto usada

Como o motor fica evidente, é fácil identificar se há sinais de desmonte. Quando são feitos desmontes, sempre ficam indícios que podem ser identificados nas porcas e nos parafusos. Muitas vezes, o metal desses componentes se apresenta mais novo que a parte metálica circundante, o que pode ser sinal de desmontagem.

Observe o cárter na parte inferior do motor, perto do chão. Marcas de raspagens são aceitáveis, mas amassados e certas marcas de soldagens despertam suspeitas.

Costuma fazer isso ao comprar uma moto usada? Gostaria de deixar a sua dica? Aproveite para registrar seu comentário!

Admin

Zelão Racing

Digite aqui algo sobre o administrador....


Receba nossas ofertas!


[contact-form-7 404 "Not Found"]

Comentários no Facebook