Receba dicas grátis!

Machucou? Descubra como voltar a pilotar depois de uma lesão

Zelão Machucou Descubra como voltar a pilotar depois de uma lesão

Todos os condutores de veículos estão sujeitos a acidentes, em decorrência de várias causas. No caso dos motociclistas, isso é ainda mais relevante, tendo em vista que o veículo torna o usuário mais vulnerável, as pistas em geral são caminhos perigosos e o tráfego dentro das cidades é quase sempre turbulento e perigoso.

O motociclista tem que dirigir com todo cuidado, evitando ações arriscadas e usando os acessórios necessários para proteção.

Mas se, ainda assim, acontecer um acidente, o que fazer? Veja agora como voltar a pilotar depois de uma lesão:

Respeite o prazo prescrito pelo médico

Primeiramente, procure respeitar o prazo prescrito pelo médico. Dependendo da gravidade da lesão, poderá ser necessário um período mais longo de descanso, principalmente se foi efetuada alguma cirurgia.

Quando acontecem fraturas nos ossos grandes das pernas, recomenda-se em média um período igual ou superior a seis semanas de repouso.

Há aqueles casos em que se faz necessário o uso de gesso, talas, colares cervicais, botas nos tornozelos e outras coisas. O tempo para retirar esses produtos deve ser respeitado integralmente para garantir a cura e recuperação do membro afetado.

Essa é a dica fundamental de como voltar a pilotar depois de uma lesão.

Planeje, fazendo treinamento físico

O mínimo recomendado é de oito sessões por mês. Programe em torno de dois treinos por semana e siga uma rotina de exercícios equilibrada (mesma hora nos dias escolhidos).

Lembre-se que, quanto maior a frequência, mais fácil será para seu corpo se ajustar ao hábito, recuperando-se completamente.

A caminhada é um ótimo exercício para quem deseja se restabelecer rápido, principalmente se servir para exercitar os órgãos afetados.

A fisioterapia, por exemplo, é recomendada em diversas causas de lesão nos ossos e na coluna.

Comece devagar

Como voltar a pilotar depois de uma lesão se você não respeitar seus limites? Como se sabe, tudo requer um tempo de adaptação e ajuste. Não se force demais sobre a moto. Use o veículo sempre com moderação, mas aumentando as exigências à medida que for se sentindo mais preparado.

Não suba na moto logo de cara para enfrentar uma corrida ou uma trilha ou paraempreender uma viagem. Ande por perto, com cuidado, sem se dar ao luxo de fazer acrobacias. Dependendo de qual tenha sido a causa da lesão, isso pode influir emocionalmente no seu comportamento e será preciso, pouco a pouco, superar essas limitações.

Como voltar a pilotar depois de uma lesão controlando a dieta

O segredo de um rápido restabelecimento está também na boa alimentação. Defina um cardápio saudável, sem muitas gorduras e açúcares, mas com muito ferro, proteínas, vitaminas e, especialmente, cálcio. Principalmente, antes de pilotar, invista na alimentação balanceada, nem muita pesada, nem insuficiente para suprir seu organismo.

Essa recomendação deve ser seguida sempre, mas se tratando de um período de restabelecimento, você deverá tomar maiores cuidados com sua alimentação.

Pode investir também em suplementação, como proteínas em cápsulas ou em pó, shakes, energéticos do tipo maltodextrina e toda suplementação que for saudável e permitida.

Redobre a atenção

Independente do motivo do acidente, que pode ter sido mesmo alguma falta de cuidado, o motociclista deve voltar a pilotar com mais atenção ainda. Quando se trata de pilotos de motocross, onde os acidentes e lesões acabam fazendo parte do esporte, reflita sobre o acontecimento e veja o que saiu de errado.

Enfim, seja, a partir de agora, mais cuidadoso, mais atencioso, mais precavido, treine mais para errar menos!

O que acha das dicas de como voltar a pilotar depois de uma lesão? Já sofreu algum acidente de moto? Como voltou a pilotar? Deixe seu comentário nos espaços abaixo!

Adicionar comentário