Receba dicas grátis!

4 roteiros imperdíveis para viajar de moto pela América do Sul

Viajar de moto é uma das experiências mais enriquecedoras para os amantes das motocicletas. O Brasil oferece diversos destinos fantásticos, mas se você procura paisagens deslumbrantes, do deserto à floresta, da neve às praias ensolaradas, a América do Sul oferece tudo isso e muito mais. De estradas desafiadoras que testam todas as suas habilidades como piloto até as estradas mais tranquilas, nas quais  pilotar é apenas uma questão de prazer.

Antes de pegar sua moto e sair por aí, alguns cuidados importantes podem tornar a viagem mais agradável e com menos aperto. Quando estiver organizando a viagem pense em quantos quilômetros aproximadamente quer percorrer diariamente e, assim, reserve hotéis para as paradas. Nada precisa ser rigorosamente planejado, afinal, é uma viagem para aproveitar, mas se precaver trará menos imprevistos pelo caminho.

Separamos quatro roteiros imperdíveis para pegar a sua moto, juntar um grupo de amigos e viajar pela América do Sul desfrutando do melhor que as viagens sobre duas rodas proporcionam. Confira!

Chile: Deserto do Atacama

Deserto do Atacama, no Chile, é o sonho de muitos motociclistas. A região que oferece paisagens deslumbrantes a perder de vista, é um dos mais famosos destinos da América do Sul para viajar de moto.

O deserto é considerado pelos viajantes mais experientes como um percurso de médio grau de dificuldade. Algumas partes do percurso, que compreende terrenos da Argentina e Chile, podem oferecer complicações, como nevascas no inverno. Ao atravessar a cordilheira do Andes, a estrada se torna íngreme, mas depois dá lugar às planícies do deserto.

Bolívia: Salar de Uyuni

A maior planície de sal do mundo, localizada na Bolívia, é um dos destinos imperdíveis para viajar de moto pela América do Sul, principalmente para os motociclistas mais aventureiros.

Existem duas opções de rota saindo do Brasil, a primeira indo direto para a Bolívia e atravessar o país até chegar ao Salar de Uyuni e a segunda que passa pela região norte da Argentina. A melhor época de viajar pela região é durante o período seco, de abril a setembro. Além disso, é preciso tomar cuidado ao explorar o deserto, pois é muito fácil se perder. Não saia para conhecer a região sem um GPS ou ainda um guia que conheça tudo por lá.

Peru: Cidades históricas Incas

Com estradas incríveis, de tirar o fôlego, viajar de moto pelo Peru com destino as principais cidades do Império Inca, como Machu Picho, Cuzco e Nazca, é uma ótima experiência. As curvas que separam Cuzco e Nazca são um desafio à parte, mas merecem muito cuidado e atenção, qualquer deslize pode estragar a viagem.

O trajeto mais comum utilizado pelos brasileiros para chegar à região é utilizando a Bolívia como passagem. Durante toda a viagem, as paisagens pelo caminho são um espetáculo à parte, o que torna o roteiro imperdível.

Venezuela: Praia e sol

Para os apaixonados por motos e praias, a Venezuela é um convite ao pé na estrada – em especial a Isla da Margarita. Porém esta viagem é um pouco mais longa, para começar é preciso atravessar parte da região norte do Brasil, o que significa percorrer parte do trajeto de barco, depois mais alguns quilômetros pela floresta. Chegando a Venezuela, mais precisamente em Porto la Cruz, é preciso seguir de ferry boat até a ilha. Depois que se chega é só aproveitar a malha rodoviária que vai até as praias e curtir o clima de descontração local.

Gostou das dicas? Vai juntar o pessoal do moto clube ou os amigos apaixonados por moto e pegar a estrada? Não deixa de conferir, antes de sair, todo o equipamento necessário para pegar a estrada e viajar pelos roteiros imperdíveis pela América do Sul!

Adicionar comentário