fbpx
Receba dicas grátis!

O céu é o limite: descubra algumas viagens internacionais para fazer de moto

Zelao-O-ceu-e-o-limite-descubra-algumas-viagens-internacionais-para-fazer-de-moto

Viajar de moto realmente nos dá uma sensação indescritível de prazer e de liberdade. Poder pegar a sua motocicleta e sair por aí, cruzando as estradas, podendo para quando quiser, onde quiser, e seguir novamente viagem quando quiser, não se compara a uma viagem com qualquer outro meio de locomoção.

Mas e quando o roteiro é internacional? Existem roteiros de viagens internacionais para fazer de moto? A resposta é sim! Apesar de requerer mais atenção e maior planejamento, com acessórios e equipamentos específicos, é possível, sim, sair do Brasil e desbravar as estradas em uma viagem internacional. No texto a seguir, veremos alguns roteiros e possibilidades para que você pegue a sua motocicleta e caia na estrada, agora em uma viagem internacional.

Viagens internacionais para fazer de moto: Montevidéu

Apesar da distância, é possível ir até Montevidéu de motocicleta. E a viagem, já no planejamento, se mostra incrível. As distâncias das capitais São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte são as seguintes: SP, 1933 km, RJ, 2360 km, e BH, 2504 km. De São Paulo o caminho é o mesmo que se faz para chegar à região sul do país. Deve-se pegar a rodovia BR-116, cruzar os Estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, antes de descer todo o território uruguaio. Uma viagem longa, que pode durar até 24 horas, sem paradas. Recomenda-se, no entanto, que o motociclista pare, descanse e, principalmente, aproveite todo o trajeto, que é recheado de belas paisagens.

O Deserto da Patagônia, vamos conhecer?

Um imenso deserto gelado. O maior deserto das Américas está localizado ao sul da Argentina e é um dos roteiros preferidos dos motociclistas brasileiros que curtem viajar de moto. Por se tratar de uma viagem longa, e internacional, a primeira dica é: cuidado com o combustível. Sempre que ver um posto de gasolina, principalmente quando já estiver no território desértico da Patagônia, encha o tanque. Postos de gasolina podem ser escassos nessa região. Isso vale para todas as viagens internacionais para fazer de moto. Cuidado ao pedir, também. Peça por “NAFTA”, a nossa gasolina daqui. Se você pedir por “gasolina”, o frentista pode confundir com “GASOIL”, o Diesel deles.

Outra dica importante é com relação às estradas que levam à Patagônia. É comum pegar estradas de cascalho. Portanto, não corra muito, evitando que a estabilidade da moto seja prejudicada. Os pneus também vão lhe agradecer! Siga essas dicas e aproveite as viagens internacionais para fazer de moto!

Destino de tirar o fôlego: Deserto do Atacama

Outro destino bastante procurado e visitado por motociclistas brasileiros é o Deserto do Atacama, no Chile. Outra viagem longa, mas bastante recompensadora. Via São Paulo, a melhor rota para o motociclista é ir até Foz do Iguaçu, depois seguir sentido o norte do Chile, via Argentina, pela cidade de Puerto Iguazu. A viagem passa por cidades desérticas e bastante perigosas. É importante, e até obrigatório, que o seguro da moto esteja em dia nas viagens internacionais para fazer de moto. A questão dos combustíveis também deve ser avaliada, já que não há muitos postos de gasolina na rota.

Agora que você já tem alguns dos possíveis roteiros para cair na estrada com a sua moto, acesse o nosso site e veja quais os equipamentos essenciais para você encarar um aventura dessas!

Adicionar comentário