Receba dicas grátis!

Supercross X Motocross? Quais são as 4 principais diferenças?

Motocross

O piloto pode praticar diferentes modalidades de esportes off-road com sua moto. O termo “Motocross” é o mais popular e, muitas vezes, é usado de forma genérica. Contudo, ele se refere a uma modalidade específica de off-road.

Que tal entender bem as diferenças das modalidades Motocross e Supercross? Leia o post e entenda melhor!

1. O tamanho das pistas é uma das diferenças entre as duas modalidades

No Motocross, as competições são efetuadas em pistas fechadas, abrangendo distâncias que podem chegar a 1,5 km.

No Supercross, apesar de os circuitos de terra também serem fechados, a pista é mais curta. No entanto, esta oferece um espetáculo maior, como veremos mais adiante.

Vale lembrar que o Supercross desenvolveu-se a partir do Motocross nos Estados Unidos.

2. Os obstáculos no Motocross e no Supercross são de natureza e complexidade diferentes

No Motocross, os obstáculos do circuito fechado são mais naturais, aproveitando terrenos acidentados e molhados. Há uma quantidade variada de saltos, curvas, retas e costelas (pequenas lombadas). Na linha de chegada, existe um grande salto denominado de “table top” (tampo de mesa), desafio que testa ao máximo a habilidade e a coragem dos pilotos.

No Supercross, os obstáculos são criados de forma artificial. Há uma quantidade maior de rampas, desenvolvidas por projetistas especializados. Como o Supercross surgiu nos Estados Unidos, os obstáculos na pista são muito semelhantes aos dos estádios norte-americanos. Dessa forma, os saltos e as aterrissagens costumam ser mais estimulantes e agressivos, excitando ainda mais o público.

3. O tempo de duração no MotoCross é mais longo

Outra diferença que existe entre o Motocross e o Supercross é o tempo de duração das baterias.

Os pilotos profissionais, na primeira modalidade, podem desenvolver provas com baterias de até 20 ou 30 minutos; os pilotos amadores, por sua vez, podem desenvolver baterias com, no máximo, 10 ou 15 minutos.

As baterias de Motocross procuram aproveitar bem as habilidades dos pilotos, levando-os a ultrapassar os limites de suas motos a cada curva, compelindo-os a aumentar a velocidade e dar saltos maiores a cada novo desafio.

As baterias de Supercross, por outro lado, tendem a ser menores, acompanhando o tamanho mais reduzido da pista

4. As categorias do Motocross e a quantidade de pilotos

Outra diferença relevante entre as duas modalidades de off-road são as categorias existentes no Motocross e suas principais características.

Veja as categorias de Motocross:

  • MXJR: 20 minutos + 2 voltas (14 a 17 anos de idade);
  • 65cc: 15 minutos + 2 voltas (7 a 12 anos de idade);
  • 85cc: 20 minutos + 2 voltas (11 a 14 anos de idade);
  • MX2: 30 minutos + 2 voltas (15 a 45 anos de idade);
  • MX1: 30 minutos + 2 voltas (16 a 45 anos de idade);
  • MX3: 20 minutos + 2 voltas (homens de 35 a 55 anos de idade e mulheres de 14 a 55 anos de idade).

É constituído somente 1 grid de largada por categoria, sendo que, em cada um deles, devem largar 40 pilotos simultaneamente (quantidade máxima de pilotos por categoria). Somente na MX1 a quantidade máxima é de 30 pilotos.

No Supercross, largam menos pilotos em cada bateria: geralmente são 22 concorrentes.

Compreende melhor agora as diferenças entre Motocross e Supercross? Qual dessas duas modalidades de off-road você curte mais? Aproveite para registrar seu comentário.

Adicionar comentário