Receba dicas grátis!

Segurança em primeiro lugar: Checagem de sua moto

Tighten-Spokes

Para evitar problemas mais graves e manter a segurança na hora de pilotar é importante estar atento a fatores importantes de sua moto. Algumas situações podem ser evitadas com uma simples checagem em pontos estratégicos do veículo.

Antes de qualquer coisa verifique se a documentação está em dia. Através do número do renavam é possível realizar a consulta online no site do Detran e acessar os dados do veículo, como nome e endereço do proprietário, multas, etc. Deixe sempre a documentação livre de problemas para que você não seja pego de surpresa numa viagem e acabe estragando o passeio.

Embreagem e Acelerador

Comandos fundamentais para o funcionamento da moto, alguns sinais precisam de uma atenção especial. Cuidado com embreagens e aceleradores rígidos. Embreagem dura é sinal de proximidade do fim da vida útil e acelerador duro pode indicar vários problemas secundários como falta de lubrificação ou defeito nos cabos.

Sinalização

Para não correr nenhum risco de não ser visto na estrada, antes de viajar (sobretudo se for durante a noite) verifique cuidadosamente seu painel e sistema elétrico. Analise a luz de freio, setas, lanterna regulagem do farol e buzina.

Tenha em mente que a falta de iluminação pode impactar de maneira direta em sua segurança e na de seu passageiro.

Pneus

Ter pneus em boas condições de rodagem quase sempre significa uma viagem tranquila. Averigue cautelosamente se não há nenhum tipo de corte, por menor que seja, ou alguma deformidade que possa atrapalhar o bom funcionamento dos pneus, furos ou rachaduras. Além disso, observe a banda de rodagem e certifique-se que não há nenhum objeto preso por lá.

Em caso de pneus novos lembre-se que eles possuem uma camada protetora que necessita ser desgastada por ser muito escorregadia.

Freios

Nas motos com o sistema de freio a disco é recomendável conferir se as pastilhas não estão desgastadas, porque com as pastilhas nesta situação o freio não obedecerá aos seus comandos. No caso das motos que utilizam o sistema a tambor é necessário verificar o ajuste das sapatas. A folga até colocar o sistema em funcionamento não deve ultrapassar três centímetros.

Nível de óleo

Não deixe de olhar o nível do óleo do motor. Ele deve estar na medida certa e sua cor e consistência podem revelar mais do que você imagina. Para fazer o teste que resultará a real qualidade do óleo pingue uma gota de óleo na ponta do dedo indicador e com o polegar verifique a sua consistência. Se o resultado for uma consistência semelhante a graxa e deixar seus dedos demasiadamente sujos além de ter um cheiro forte de gasolina, pode apostar que o óleo está velho.

Adicionar comentário