Receba dicas grátis!

Por que é tão importante verificar a lubrificação da sua moto?

Zelao-Por-que-e-tao-importante-verificar-a-lubrificacao-da-sua-moto

Todo motociclista que realmente ama sua moto toma cuidados especiais com ela. O veículo precisa de manutenção, revisão, lavagem, pintura e diversos outros cuidados. Verificar a lubrificação da sua moto é um cuidado que não pode faltar.

Se você já tem o hábito de fazer isto, parabéns! Isso mostra que você é um motociclista muito cuidadoso. Se ainda não tem, veja por que é tão importante fazer isso!

O que é a lubrificação?

A lubrificação de partes e peças da moto permite melhor desempenho delas e, por consequência, de todo o conjunto. A lubrificação também pode prolongar a  vida útil de cada peça e da moto como um todo. Por isso, é fundamental verificar a lubrificação da sua moto regularmente de modo a evitar que haja oxidação dos materiais e comprometimento das funções (como peças emperradas ou desgastadas). Além disso, é necessária a troca de óleo, que fica velho e pode causar danos ao veículo.

Qual o período para verificar a lubrificação da sua moto?

A recomendação dos especialistas é que se faça essa verificação a cada 400 km ou 500 km rodados ou 1 vez por semana. Essa, no entanto, é uma regra geral. Pilotos que participam de competições e gostam de se aventurar em trilhas arrojadas enfrentam condições maios arriscadas.

Portanto, para saber quando verificar a lubrificação da sua moto, devem-se considerar certos critérios, como:

  • Quilometragem rodada;
  • Uso da moto (off road, competições em geral, asfalto, limites urbanos);
  • Clima (quente demais, frio excessivo, temperatura amena);
  • Estado da moto (veículos muito usados certamente precisarão de maiores cuidados).

Lubrificando corretamente

Motos de competição e trilhas exigem produtos mais específicos, que só funcionam em temperaturas mais altas ou com máximo desempenho do veículo. Não dever ser usados em motos cuja finalidade seja andar por ruas da cidade ou somente pelo asfalto, a velocidades normais.

Cuidado com a quantidade de óleo usado para lubrificar o sistema de transmissão e dê preferência àqueles cuja consistência seja mais viscosa (SAE 90). Sprays lubrificantes podem ser usados na corrente, apresentando a vantagem de não sujarem. Para correntes sem retentores, a graxa branca é outra opção: ela não sai com água e cumpre sua função de lubrificar (mas, acumula sujeira e isso é um ponto a considerar).  O Chain Lube é um excelente óleo para lubrificação de corrente, caracterizado por sua cor amarela. Sempre retire o produto anterior antes de aplicar o produto novo, usando de preferência removedor de graxa ou querosene com água e sabão.

Os cabos de acelerador e embreagem podem ser desmontados e lubrificados com óleo de motor. Pode usar o WD40 para retirar a sujeira antes da lubrificação. A lubrificação desses itens retira sua rigidez, tornando-os mais flexíveis.

Quando verificar a lubrificação da sua moto, verifique com a vareta ou medidor o óleo de motor, e, se preciso, apenas complete o que falta. O fluido de freio também deve ser trocado, pois a falta de manutenção pode trazer problemas à frenagem. Da mesma forma, proceda com o óleo de suspensão.

Verificar a lubrificação da sua moto é uma medida corretiva e preventiva

Como se vê, verificar a lubrificação da sua moto é uma medida tanto corretiva (corrige as falhas encontradas) como preventiva (evita possíveis falhas), garantindo melhor desempenho para o veículo e a conservação do sistema de transmissão secundário. É uma forma de garantir também a segurança do motorista, principalmente se ele for piloto em competições e praticante assíduo de off road.

Você entende agora por que é importante verificar a lubrificação da sua moto de maneira correta? Deixe seu comentário sobre o post!

Adicionar comentário