Receba dicas grátis!

Passo a passo para trocar o pneu furado da moto

Zelao Passo a passo para trocar o pneu furado da moto

Você está pronto para sair de casa na sua moto, mas quando está de partida percebe que o pneu está furado. O que pode parecer uma coisa simples, se torna um grande desafio, quase uma aventura. Para ajudar nestes momentos desafiadores, montamos o passo a passo de como trocar o pneu furado da moto. Atente-se para as diferenças entre a roda dianteira e traseira e outros detalhes importantes nessa tarefa!

Prepare o equipamento para trocar o pneu furado da moto

O primeiro ponto na hora de trocar o pneu furado da moto é verificar se você está com as ferramentas necessárias. Para isto basta contar com o kit básico de ferramentas da sua moto, com chaves como a de fenda e a de boca.

Retirando o pneu dianteiro

Por existirem algumas diferenças entre o pneus dianteiro e traseiro, consequentemente existem algumas diferenças na hora de realizar a troca de pneus – e o dianteiro é considerado um pouco mais fácil que o traseiro. O primeiro passo para trocar o pneu furado da moto é soltar a porca e empurrar o eixo para fora. Você pode precisar movê-lo para que saia do lugar. Assim que retirá-lo, é só desconectar os cabos do freio e levá-lo ao borracheiro.

Recolocando o pneu dianteiro

A segunda parte da troca do pneu furado da moto é colocá-lo novamente no lugar após os reparos. Existem dois tipos de freios que irão influenciar na montagem: o de roda a tambor e os freios à disco.

Se a sua moto for do tipo roda a tambor, pode ser necessário afrouxar a regulagem da moto, para facilitar que ela se encaixe. Porém, é preciso ficar muito atento para não esquecer de apertar ao terminar. Após o encaixe é só apertar a porca e a troca estará concluída.

Para as rodas do tipo freio a disco, as pinças deverão ser abertas para permitir que a roda se encaixe no disco. Assim, é preciso utilizar uma chave de fenda entre as pastilhas de freio e forçar a abertura das pinças, ao se afastarem será fácil encaixá-las no disco.

Retirando o pneu traseiro

O primeiro passo para trocar o pneu furado da moto, porém na parte traseira, é colocá-la em um lugar relativamente limpo. Se isso não for possível, pelo menos evite que a troca seja feita na areia ou na terra – e você logo saberá por que. Assim como no dianteiro, remova a porca e bata no eixo para que ele saia do lugar, você deve torcê-lo e movimentar a roda. Quando o eixo sair, ficará mais fácil desencaixar a cora da corrente, por isto a importância de estar em local limpo, para que a corrente não se suje neste momento. Cuidado também com a bucha distanciadora: por estar solta, pode acabar se perdendo deste momento.

Recolocando o pneu traseiro

Na hora da montagem você pode precisar afrouxar os componentes do freio, pois muitas vezes podem atrapalhar a recolocação da roda. Assim, encaixe a roda, ajuste a folga da corrente até que fique simétrica dos dois lados, aperte a porca, verifique as folgas na corrente e termine de apertar as porcas.

Pronto! Trocar o pneu furado da moto pode ser uma tarefa simples, basta ficar atento a cada passo e garantir que nada saia do lugar, seja na hora de retirar os pneus e principalmente na hora de recolocá-los no lugar.  Vale a pena reforçar também que a troca de pneus deve ser feita pelo motociclista somente em situações em que procurar uma ajuda especializada não é possível, visto que um pneu mal posicionado pode resultar em acidentes.

É sempre bom verificar também se os pneus ainda estão em boas condições para voltar a circular. Caso apresentem algum problema, está na hora de comprar pneus novos!

Adicionar comentário