Receba dicas grátis!

Nova Kawasaki Ninja 400: Análise

O mês de agosto de 2018 ficou marcado como o período de um dos lançamentos mais aguardados pelos fãs da família Ninja. As expectativas em relação à Nova Kawasaki Ninja 400 são altas. Afinal, ela  já vem com o papel intrínseco de substituir a Ninja 300, modelo icônico da linha.

Mais leve, mais agressiva ou mais potente? O que você espera de mais esse lançamento automobilístico? Este artigo traz uma análise sobre os principais pontos da Kawasaki Ninja 400. Para ficar por dentro, continue lendo!

É de parar o trânsito (e o salão Duas Rodas)

Sim, a irmã mais nova da “Ninjinha” foi uma das novidades mais cobiçadas no Salão Duas Rodas 2017. Pois, além da aparência ainda mais agressiva, os diferenciais em relação ao motor e à potência chamaram a atenção. Mais leve, mais potente e em três cores diferentes, a Ninja 400 tem tudo para marcar um novo momento no segmento de automobilismo.

Saiba tudo sobre o visual

Na roupagem, a Kawasaki apostou em elementos visuais dos modelos esportivos Ninja ZX-10R e H2. Ou seja, a agressividade, característica principal da linha, ficou ainda mais marcante e imponente.

Alguns dos aspectos que foram renovados: faróis, painel (agora o mesmo da nova Ninja 650), rodas e também a rabeta. E as mudanças não fizeram diferença só na aparência, o lançamento também ficou mais enxuto: são 8 kg mais leve.

Veja as cores do modelo

Agora, que tal mencionar um detalhe que é de encher os olhos? Sim, as cores! Afinal, o verde Ninja é quase uma religião, será que a Kawasaki mexeu nisso?

No Brasil, a moto poderá ser encontrada no famoso Lime Green. Mas não só nele. As cores Metallic Spark Black e Lime Green também são duas novas opções disponíveis. É para conquistar não só o condutor, mas também quem o admira de longe.

Entenda mais sobre o motor e chassi

Quando o assunto é moto, uns quilinhos fazem toda a diferença. E a Nova Kawasaki Ninja 400 é prova disso. O motor e o chassi estão mais leves e a potência aumentou quase 10 cavalos. Dois pontos cruciais responsáveis pelo aumento de desempenho em comparação com a versão anterior.

Conheça mais sobre a potência

O motor e o chassi mais leves não são a única novidade no quesito potência da moto. Longe de ser mais um daqueles lançamentos de aumento de cilindrada, a Kawasaki Ninja 400 promete ser ainda mais confortável de pilotar.

A razão por trás disso é o motor de 399 cm³ rende 45 cv a 10.000 rpm e, como se não bastasse, 3,8 kgf.m a 8.000 rpm. Uma performance e tanto! Para se ter uma ideia, a versão anterior, Ninja 300, chega a fazer 39 cv a 11.000 rpm, 2,8 kgf.m a 10.000 rpm.

O que torna o lançamento ainda melhor é o preço. Quer saber o valor sugerido? R$ 23.990,00. E aí, a Nova Kawasaki Ninja 400 já conquistou o seu coração (e a vaga na sua garagem)?

Se você gostou de saber mais sobre esse incrível lançamento, compartilhe este artigo com os seus amigos que também amam a linha Ninja!

Adicionar comentário