Receba dicas grátis!

Mulheres e motocicletas: 5 nomes famosos do motocross internacional

Zelão Mulheres e motocicletas 5 nomes famosos do motocross internacional

O motocross é um esporte de adrenalina, para praticá-lo é preciso força e coragem para encarar as trilhas desafiadoras dos circuitos mundiais. Mas quem acredita que mulheres e motocicletas não combinam, vai mudar de ideia com a nossa lista dos nomes mais famosos do motocross internacional. Desde que surgiu em 2008, o FIM Women’s Motocross World Championship consagrou campeãs e abriu espaço para as mulheres nas categorias mundiais.

Confira a lista das principais campeãs mundiais da categoria:

Kiara Fontanesi

A pilota italiana é sem dúvida um dos maiores nomes do motocross mundial, nascida em Parma em 1994, foi uma das mais jovens vencedoras do campeonato mundial, aos 18 anos. A lista de conquistas de Kiara Fontanesi conta ainda com um feito inédito, quatro títulos consecutivos no FIM Women’s Motocross World Championship, de 2012 a 2015. Competindo pela Yamaha desde 2009, ganhou em 2014 e 2015 o Campeonato Europeu de Motocross e o Campeonato Italiano.

Stephanie Laier   

A lista de mulheres e motocicletas com as melhores do motocross, tem ainda a alemã Stephanie Laier. Nascida em 1985 é uma das veteranas da competição, começou a competir na categoria enduro em 2001. A experiência fez dela um dos maiores nomes do motocross mundial. Venceu o FIM Women’s Motocross World Championship em 2005 e alguns anos depois emplacou os campeonatos entre 2009 e 2011 competindo pela KTM.

Livia Lancelot

Uma das veteranas do motocross feminino, a pilota francesa Livia Lancelot, nascida em 1988 é um dos destaques do motocross internacional. Começou a carreira em 2004 e foi a primeira a vencer o FIM Women’s Motocross World Championship em 2008, 8 anos depois voltou a ganhar o campeonato em 2016 competindo pela Kawasaki. Venceu ainda o Campeonato Europeu de Motocross em 2013 e foi 5 vezes campeã francesa de motocross entre 2010 e 2015.

Nancy Van de Ven

A holandesa é uma das mais jovens a se destacar no FIM Women’s Motocross World Championship, em 2015 ficou em terceiro lugar no campeonato e em 2016 conquistou a segunda colocação, ambos competindo pela Kavasaki. Foi um dos principais destaques da temporada 2016 e é uma aposta da equipe para pódios futuros. Nascida em 1997, Nancy Van de Vem começou a competir profissionalmente em 2013 quando foi campeã do mundo na categoria 125cc.

Ashley Fiolek, o início das mulheres e motocicletas

Para completar a lista de mulheres e motocicletas, um dos grandes destaques do motocross feminino é a pilota americana Asheley Fiolek, nascida em 1990. Foi a primeira mulher a estampar a principal revista sobre a categoria, a Transworld Motocross, reconhecendo assim a sua importância para o esporte. O currículo de vitórias de Asheley é extenso, ela ganhou o WMA Pro National Champion, em 2008, 2009, 2011 e 2012.

As categorias femininas já são uma realidade nos circuitos mundiais e na maioria dos países, no cenário internacional aos poucos surgem grandes nomes que entram para a história com grandes conquistas. Ficou inspirado é quer começar a competir? Confira 7 dicas para iniciar na carreira de motocross.

Viu que mulheres e motocicletas combinam muito! Tem uma preferida na nossa lista? Compartilhe pelos comentários de qual pilota é sua torcida e por que.

Adicionar comentário