Receba dicas grátis!

Cuidados ao andar de moto na chuva

Para garantir a sua segurança e a dos demais motoristas, é preciso ter atenção redobrada em condições adversas. Neblina, obras na pista e chuva são alguns dos obstáculos que, em um eventual deslize ou distração, podem provocar acidentes sérios.

E para ajudar você a relembrar quais são as principais formas de se proteger, este artigo lista alguns dos cuidados que devem ser tomados ao andar de moto na chuva. Acompanhe!

1. Use equipamentos adequados

Engana-se quem pensa que os cuidados devem começar somente quando a primeira gota de chuva encosta no asfalto. Se você anda de moto, deve estar sempre de olho na previsão do tempo, afinal, é preciso sair de casa com equipamentos adequados para encarar a chuva. São eles:

São diversas opções de capa de chuva disponíveis no mercado. Por isso, é importante pesquisar muito bem para escolher a capa de chuva que melhor se adapta às suas necessidades. Quanto às luvas, elas protegem o motociclista das eventuais quedas de temperaturas provocadas pelo tempo chuvoso.

A calça, jaqueta e bota servem para manter você com roupas secas até o seu destino, mesmo ao andar de moto na chuva. Invista nessas peças!

2. Mantenha a manutenção em dia

Ainda que o piloto seja precavido, vez ou outra é comum ser pego de surpresa pela chuva. Por isso, é importante dar atenção especial e constante aos pneus. Mantenha-os calibrados e verifique regularmente as condições em que estão. Atitudes simples como essa garantem a segurança não só em dias de chuva, mas diariamente.

3. Cuidado com as manobras ao andar de moto na chuva

Ao invés de acelerar a moto para se livrar mais rápido da chuva, mantenha a velocidade reduzida. Afinal, com a moto mais devagar você terá maior controle na hora de fazer manobras, o que ajuda a evitar acidentes.

Frear a moto bruscamente, passar pelo corredor em alta velocidade e não manter a distância segura são grandes causadores de problemas quando o assunto é chuva. Seja prudente.

4. Evite as poças de água

Não arrisque passar em poças de água, pois nunca se sabe quando há um buraco nelas. Também desvie de enchentes, pois além do risco de a água entrar no motor, a água pode esconder lixo e escombros. Lembre-se de preservar, sobretudo, a sua vida.

5. De olho na viseira!

Quando o assunto é a chuva, estar de capacete não é o suficiente para se proteger. É preciso também estar de olho na viseira. Respingo de água e sujeira acumulados na viseira atrapalham diretamente a visibilidade.

Outro problema é o embaçamento. Em dias de chuva, é muito comum que a viseira fique embaçada por dentro. Para fugir desse problema, compre capacetes adequados e invista em produtos, como os repelentes de água, para fazer a correta limpeza da viseira. Esses produtos ajudam a mantê-la limpa, sem problemas de embaçamento, água e sujeira.

Agora que você já sabe quais são os cinco principais cuidados ao andar de moto na chuva, basta tomar todas as precauções. Lembre-se que a sua vida e a vida dos outros motoristas devem ser tratadas com o máximo de prioridade.

E você, gostou dessas dicas? Viu como são indispensáveis para andar de moto na chuva? Então aproveite a visita em nosso blog e veja alguns motivos para usar uma capa para moto!

Adicionar comentário