Sem categoria
Como escolher o lubrificante ideal para a minha moto?
13 de novembro de 2015
0

Oil Isolated on white background

A escolha correta do óleo lubrificante para sua moto pode garantir o bom funcionamento dela e a sua longevidade. É muito importante ficar atento as especificações do manual de instruções da sua motocicleta, isso porque algumas informações primordiais estão nele. Mas existem outros itens a serem levados em consideração quando se trata de lubrificantes.  

Separamos algumas características que podem contribuir para que sua moto tenha o desempenho que você deseja com o lubrificante ideal.  

Viscosidade do óleo

Uma das características mais importantes do lubrificante ideal é a sua viscosidade, isso significa se o óleo é mais líquido ou pastoso. A viscosidade vem indicada no embalagem entre a letra W, o numero menor é seu valor quando o motor está desligado e o produto em temperatura ambiente, neste estado ele costuma ser mais pastoso. Já o segundo número indica a viscosidade quando o lubrificante está quente, ou seja quando o motor está ligada ou recém desligado.  

A idade e utilização da moto

A viscosidade do óleo lubrificante ideal indicada na moto varia de acordo com sua idade e o tipo de utilização das motos. Geralmente as motos mais novas, com pouco tempo de uso pedem óleos mais finos, menos viscosos, isso porque ele será responsável por preencher as folgas existentes no motor.

As motocicletas utilizadas em competições também devem optar por lubrificantes mais finos, que facilitam o fluxo. Mas você pode optar por um óleo mais versátil, que atenda diferentes tipos de motos, como o Motul 5100 10W40. Ele pode ser usado em tanto em motos urbanas quando de trilha.  

Classificação API

Esta classificação é responsável por informar o desempenho do óleo, ele também está ligado indiretamente a viscosidade, pois é responsável por mantê-la estável em condições extremas do motor da moto. A indicação aparece representada na embalagem por duas letras, a primeira é o tipo de combustão, geralmente S e a segunda referente ao comportamento, quanto maior a letra, melhor o desempenho do lubrificante ideal.  

Semissintéticos e sintéticos

Existem ainda os lubrificantes semissintéticos e os sintéticos, eles apresentam menor viscosidade ao atingir altas temperaturas. Porém, são indicados apenas se você tem uma motocicleta muito potente, que apresenta um desempenho acima da média. Por ter um custo mais elevado que os demais não é tão comum sua utilização.

Mas se você quer experimentar existem algumas opções como o Putoline, Ester Tech OFF Road 4T 15W50. Ele é um lubrificante sintético, ideal para motos de competição com alto rendimento, é um óleo cujo custo benefício é um dos melhores do mercado.  

O tipo de motor  

Existem diferentes tipos de lubrificantes de acordo com o tempo do motor da sua motocicleta. Os motores de 2T recebem um tipo de lubrificante com especificações diferente, assim como outras especificações. No caso dos óleos para este tipo de moto, uma das opções mais recomendadas é o Óleo 710 2t da Motul. Isso porque ele é elaborado com alta tecnologia que melhora a capacidade de combustão e ainda reduz as emissões.

Porém, este é um lubrificante ideal para motos de grandes cilindradas e também elevada potência. Além disso, é recomendado apenas para motores com sistemas de refrigeração por ar.   

Quer receber mais dicas sobre os cuidados com a sua moto? Assine nossa newsletter e recebe as novidades para cuidar da sua motocicleta.

Admin

Zelão Racing

Digite aqui algo sobre o administrador....