Receba dicas grátis!

5 problemas mais comuns para quem viaja de moto que você pode evitar

Motorcycle adventure in Iceland. Off-road biking. Traveling by motorbike.

Motorcycle adventure in Iceland. Off-road biking. Traveling by motorbike.

Olá, caro leitor motociclista! Preparamos mais um artigo especialmente para você. Hoje falaremos sobre os problemas mais comuns que você pode enfrentar ao pegar a estrada. A ideia é deixar quem viaja de moto mais apto a preparar a motoca e a si mesmo, prevenindo-se dos possíveis percalços que possam surgir no caminho. Leia o post e não se esqueça de deixar sua opinião ao final!

#1. Problemas mecânicos

Os problemas mecânicos são comuns, principalmente em motos com mais tempo de uso. Por isso faça um planejamento antes de viajar e confira os principais pontos mecânicos de sua moto. Alguns itens básicos como nível do óleo de motor, nível de fluido de freio, nível da água do radiador e estado dos pneus podem ser checados por você mesmo, seguindo as instruções do manual ou as recomendações do seu mecânico.

#2. Linha de Pipa

Este é problema que tem assolado os motociclistas mais do que nunca. Com feriados e férias escolares, o número de pipas no céu aumenta bastante. Dependendo do nível do cerol e da velocidade da moto, o contato pode ser fatal. Por isso previna-se adquirindo acessórios como vestimentas que anulam o efeito da linha e as populares antenas, que podem ser encontradas em lojas especializadas pelo preço médio de R$ 15 a R$ 70.

#3. Quedas

Para garantir a segurança no caso de queda, além do tradicional capacete, quem viaja de moto deve se valer de outros acessórios que auxiliam nesse sentido. Calças, jaquetas, luvas e botas são recomendadas para compor o conjunto de equipamentos de segurança. Fora isso, há cuidados básicos como o ajuste da correia do capacete, que não deve ficar frouxo, e a limpeza da viseira, que deve ser mantida sempre fechada.

#4. Chuva e neblina

Chuva e neblina são grandes inimigas de quem pilota, pois atrapalham bastante a visão e aumentam o risco de acidentes. Por isso, na hora de comprar sua capa de chuva, procure escolher os modelos com cores mais vibrantes, que faz com que as outras pessoas do trânsito o avistem mais facilmente na estrada. A placa refletiva, o manter lanternas e faróis sempre ligados também ajudam a prevenir acidentes.

#5. Troca de peças

 

Nunca se sabe o que realmente pode acontecer com a moto, por isso monte uma espécie de “kit de sobrevivência” para que, caso necessite fazer algum reparo básico ou ajuste, tenha as ferramentas e acessórios em mãos. Podemos citar o ajuste da corrente, troca de fusíveis e etc. Lanternas, fita isolante e chaves são alguns dos instrumentos que você pode acrescentar na bagagem. Lâmpadas de setas e de farol também, caso alguma queime no percurso.

 

Essas foram nossas dicas para você que viaja de moto. Coloque-as em prática e garanta a sua segurança e a do seu carona. Pilote sempre concentrado, se atentando a tudo e a todos.

 

Como último conselho, recomendamos que você evite rodar em pontos-cegos de outros veículos e tome muito cuidado com as ultrapassagens. Alguma recomendação ou observação? Deixe um comentário!

Adicionar comentário