Receba dicas grátis!

5 diferenças de motocross e enduro

motocross e enduro

Os campeonatos envolvendo motos são muito populares no Brasil e em outras partes do mundo. Certamente, você já ouviu falar em motocross e enduro, modalidades de off-road.

Saberia apontar algumas diferenças entre eles? Para algumas pessoas, eles são a mesma coisa, com variações somente no nome.

Veja a seguir 5 diferenças entre esses dois esportes e torne-se especialista!

1. Motos brutas X motos mais suaves

As motos usadas em motocross são mais “brutas” e não oferecem muita mordomia para o piloto. São desenvolvidas para andar sobre areia, pedras, lama, água.

Privilegiam, acima de tudo, a entrega bruta de preferência à própria velocidade. Devido ao fato de andarem aos saltos em caminhos agrestes, são conhecidas como “cabras de mato”.

Já as motos de enduro, apesar de derivarem das de motocross, têm especificações mais suaves. Os faróis desempenham importante papel nas corridas noturnas (que são comuns em enduros).

Motocross:

  • Ângulo da suspensão da frente mais aberto (mais estabilidade);
  • Suspensões mais duras para absorver os impactos dos saltos altos;
  • Aro traseiro 19;
  • Marchas mais curtas;
  • Tanque de combustível com menor capacidade;
  • Potência a rotações mais altas (melhor resposta em entradas/saídas de curvas, em saltos);
  • A primeira e a segunda velocidades mais longas e a quinta velocidade mais curta.

Enduro:

  • Detalhes e afinações nas suspensões que permitem encaixar os choques pequenos;
  • Suspensões mais macias e mais progressivas;
  • Aro traseiro 18;
  • Presença de faróis;
  • Marchas mais longas;
  • Tanque de combustível com maior capacidade;
  • Motor mais suave;
  • A curva de binário possibilita potência a rotações mais baixas (desenvolve-se melhor em trilhas mais complicadas);
  • A primeira e a segunda velocidades mais curtas e a quinta mais longa.

2. Proibição e permissão de uso nas vias públicas

Em geral, os usuários de motocross só usam as motos nos espaços esportivos, não possuindo autorização legal para andar com elas nas vias públicas. Para participar de campeonatos, elas são muitas vezes levadas a reboque até o local da competição.

As motos de enduro, por sua vez, podem andar em trilhas e nas estradas, sendo permitido seu uso nas vias públicas, pois possuem matrícula, pedal de descanso, faróis e outras coisas. Elas precisam estar de acordo com as normas de tráfego rodoviário.

3. As provas

Veja como se realizam as provas de motocross e enduro.motocross e enduro

Motocross

O motocross é uma prova de circuito fechado, com obstáculos feitos por mãos humanas, mas aproveitando a configuração do terreno. A pista tem, em média, entre 1.500 m e 2.000 m.

Os obstáculos são chamados step down, step up, mesas, paredes em curvas, declives, elevações. Os buracos e as curvas também fazem parte dos obstáculos. O piloto deve saltar e ultrapassar esses obstáculos.

As pistas são largas, os competidores partem todos juntos (40 competidores aproximadamente), as baterias de provas duram cerca de 30 minutos cada uma. O piloto que completar a bateria primeiro é o vencedor.

Enduro

Os enduros são realizados, em sua maior parte, em todo-terreno (fora da pista), mas aproximadamente 30% do total do terreno correspondem a asfalto. As provas se realizam em terrenos com, no mínimo, 200 km de extensão. Também é preciso enfrentar obstáculos naturais.

Os pilotos partem em grupos, separados entre si por apenas alguns minutos. Cada piloto tem que cumprir o trajeto da prova em um período determinado (quem não cumpre o tempo, é penalizado). Vence o piloto que melhor se ajustar ao período.

4. As diferentes categorias de motocross e enduro (conforme as motos)

Motocross (2T/4T):

  • MX3 (500cc/450cc);
  • MX1 (250cc/450cc);
  • MX2 (125cc/250cc);
  • 85BW, Supermini (105cc/150cc);
  • 85SW, Mini (85cc/150cc);
  • 65, Mini (65cc/80cc);
  • Autos, Piuí (45cc/60cc).

Enduro (2T/4T):

  • E1 (100cc-125cc/175cc-250cc);
  • E2 (175cc-250cc/290cc-450cc);
  • E3 (290cc-500cc/475cc-650cc).

5. Modelos de motos de motocross e enduro

Exemplos de moto para motocross: Honda CB 300R, Yamaha YZ 125, Kawasaki KX 250F.

Exemplos de moto para enduro: Honda CRF 250X, Yamaha WR 250F, Kawasaki KLX 450R.

Ainda tem dúvidas sobre as diferenças entre motocross e enduro? Faça um comentário sobre o post!

Adicionar comentário