Receba dicas grátis!

5 cuidados que todo dono de moto deve ter para a sua conservação

Biker in helmet and black jacket riding on the road.

As motos exigem cuidados que vão além de ter os acessórios ou as roupascorretas, já que é preciso garantir a conservação do veículo em si. Sem as atitudes certas, por melhor que seja a sua moto ela terminará em breve sucateada e forçará você a fazer novos e volumosos investimentos. Você não quer a sua moto estragada e sempre no conserto, certo? Para evitar que isso aconteça, veja ao menos cinco cuidados que todo dono de moto deve ter para a sua conservação.

Fazer a manutenção constante

O cuidado mais importante de qualquer dono de moto para garantir a conservação do veículo é a realização constante de manutenção preventiva. Essa manutenção pode ser realizada com maior frequência por você, mas é altamente recomendado levar regularmente sua moto a um profissional, como um mecânico ou mesmo a autorizada da fabricante.

Essa realização de manutenção preventiva pode acontecer tanto dentro de um período de tempo, como a cada seis meses, ou de acordo com a quilometragem rodada, como a cada cinco ou 10 mil quilômetros rodados, por exemplo. Ao fazer isso com frequência você garante que todos os itens trabalhem em sua maior capacidade, o que garante a conservação da moto.

Troque óleos e lubrificante com frequência

O lubrificante é responsável por garantir que os componentes funcionem com o menor atrito possível, o que ajuda a reduzir o superaquecimento localizado e o desgaste da peça. Apesar disso, lubrificante velho também pode estragar a sua moto e é fundamental que você troque o lubrificante com frequência.

O mesmo vale para o óleo do motor, que precisa ser trocado de acordo com as indicações do fabricante. No geral, a cada 1.500 e 3.000 quilômetros é uma boa hora para realizar a troca, garantindo mais durabilidade desse componente fundamental.

O dono de moto deve usar o veículo para sua modalidade específica

Especialmente para pilotos de off-road, a moto deve ser utilizada para sua modalidade específica para evitar problemas na suspensão. Se a moto é do tipo estrada, por exemplo, colocá-la em trilhas e enduros não é uma opção segura. O mesmo vale para o caminho contrário: se a moto é totalmente off-road, utilizá-la na estrada não é o melhor caminho, já que ela não foi projetada para isso.

Dessa maneira, o mais indicado é que você use a moto corretamente de acordo com a modalidade para a qual ela foi planejada, garantindo a sua conservação.

Limpar do jeito certo

Sua moto precisa de limpeza constante não apenas para ficar sempre bonita, mas também ficar sempre conservada. Apesar disso, você não pode realizar a limpeza de qualquer jeito porque há riscos de estragar a pintura e até mesmo os componentes eletrônicos. De maneira geral, você não deve retirar a poeira com um pano seco, já que pode causar arranhões. Com isso, o ideal é utilizar um pano úmido para garantir que sua moto fique devidamente limpa.

Além disso, você não deve lavar a moto com o motor ainda quente, enquanto utilizar jatos de água de alta pressão prejudica a pintura e pode estragar componentes eletrônicos. Depois da limpeza, o ideal é encerar a moto para uma aparência ainda mais bonita.

Não use produtos abrasivos

Na limpeza, inclusive, é grande a tentação do dono de moto de utilizar produtos abrasivos, como o detergente, em busca de uma limpeza mais profunda. A verdade, entretanto, é que ao fazer isso você corre um risco muito grande de terminar estragando a pintura e até mesmo a estrutura da moto, fazendo com que o conserto pese no seu bolso. Por isso, o mais recomendado é utilizar produtos específicos para sua moto e pintura a fim de garantir o melhor resultado.

Os cuidados para manter a conservação da sua moto vão desde o cuidado com a manutenção preventiva até a limpeza correta de modo a proteger a pintura e os componentes eletrônicos. Ao agir corretamente, sua moto ficará conservada por muito mais tempo, permitindo que você pilote livremente por aí.

Quais cuidados que você, dono de moto, toma para a conservação do seu veículo? Compartilhe suas experiências nos comentários.

Adicionar comentário