Receba dicas grátis!

3 segredos da pilotagem para viagens de moto de longa distância

Zelão 3 segredos da pilotagem para viagens de moto de longa distância

Todo apaixonado por motocicleta não dispensa, ou não abre mão, de boas viagens de moto de longa distância. Porém, para encarar a estrada e curtir bem a viagem é preciso cuidar do conforto e, principalmente, da segurança.

No texto a seguir, daremos algumas dicas, discutiremos alguns segredos básicos para que você possa fazer a sua viagem sossegado, sem se preocupar com percalços e aproveitando tudo o que a incrível sensação de viajar de moto lhe oferece. Leia com atenção e esteja pronto para cair na estrada primando sempre pelo conforto e pela segurança.

Viagens de moto de longa distância requerem planejamento

O primeiro passo para traçar um destino e realizar uma viagem prazerosa e de sucesso é se planejar com antecedência. Apesar das motos proporcionarem um sentido de liberdade, há uma série de limitações práticas para o motociclista que decide encarar horas de viagem.

Como sabemos, a maioria das motos têm capacidade limitada de armazenamento. Por isso, pensar bem em sua bagagem, o que levar e como levar são detalhes que você precisa checar com antecedência. Planeje-se, escolha bem o lugar a ser visitado, verifique as condições climáticas e o mais importante: leve apenas o necessário. Em viagens de moto de longa distância a frase “menos é mais” e muito bem-vinda. Pense muito bem em quanto tempo você pretende utilizar na viagem, para onde pretende ir, e onde pretende se hospedar.

Prepare seus kits

Itens de primeiros socorros, de segurança e de reparos são fundamentais para realizar viagens de moto de longa distânciaFerramentas e câmeras-extras de ar, para prováveis pneus furados, também são ótimas companhias.

Como nem toda moto possui espaço para levar coisas, você deve ter consigo uma bolsa de tanque ou até mesmo um baú traseiro. Essas peças são fundamentais para você carregar a sua bagagem.

Dicas de pilotagem

Agora que você já sabe que precisa de planejamento, de espaço e alguns elementos básicos para levar consigo em viagens de moto de longa distância, chegou a hora de pensar na pilotagem. Afinal, uma viagem longa não pode ser considerada um passeio normal de fim de semana. Você também tem de estar preparado para pilotar.

Se a sua viagem for, por exemplo, de 2.000 km, a recomendação é que você divida em quatro partes de 500 km. Caso você não esteja acostumado, ou seja, nunca tenha pegado 500 km de moto direto, reduza essa meta. Também é importante descontar o tempo gasto com paradas, possíveis problemas mecânicos e considerar que a partir do 3º ou 4 º dia de viagem a sua média de quilometragem diária cairá progressivamente.

Devagar se vai ao longe

Altas velocidades estão fora de cogitação! Mantendo uma velocidade constante, o piloto pode rodar mais quilômetros, além de desfrutar o visual da estrada, um dos objetivos e prêmios de viajar de moto. Calcule também os postos de combustível na estrada, afinal, empurrar a sua moto por ela pode significar perda de tempo e principalmente, de energia.

Agora que você já tem essas dicas básicas para realizar viagens de moto de longa distânciaacesse o nosso site e confira todos os equipamentos e acessórios que podem deixar a sua aventura ainda mais segura e confortável. E lembre-se: planejamento e fundamental!

Adicionar comentário